Portos batem recorde de cruzeiros mas precisam de mais embarques
Portos batem recorde de cruzeiros mas precisam de mais embarques

Companhias de cruzeiros estão a fugir dos portos do Norte de África por razões geopolíticas, e Portugal está a beneficiar com isso

Porto vai crescer 52% e superar os cem mil passageiros pela primeira vez. Lisboa reforça-se como cidade de partida e chegada de navios

Os portos de Lisboa e do Porto vão bater recordes de passageiros de cruzeiros neste ano. No Norte prevê-se um crescimento de 52% para cerca de 110 mil pessoas. Em Lisboa esperam-se mais 17 735 cruzeiristas que iniciam ou terminam as suas viagens na cidade face ao ano passado, o que representará um aumento de 37% .

Em 2016 o número de portugueses que realizaram cruzeiros cresceu 15%, para 42 307. Este valor precisa de aumentar, segundo os responsáveis da indústria, para que Portugal conquiste mais partidas e chegadas, que rendem dormidas na hotelaria e passageiros nos aeroportos.

Portos batem recorde de cruzeiros mas precisam de mais embarques

NL APP

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA