PRIMEIRO MINISTRO SUGERE À CHINA INCLUIR O PORTO DE SINES NA NOVA ROTA DA SEDA

O Primeiro-Ministro português, António Costa, insistiu esta terça-feira na "posição capital" do porto de Sines, para ser incluído na Nova Rota da Seda, um projeto internacional de infraestruturas proposto pela China.

"Não ignoramos como o porto de Sines tem uma posição capital para poder vir a ser, ao nível das rotas marítimas, uma peça fundamental desta iniciativa", afirmou durante a cerimónia, num hotel de Lisboa, de inauguração dos voos diretos Lisboa-Pequim, com a presença do presidente do parlamento da China, Zhang Dejiang, de visita a Portugal desde segunda-feira.

"Uma Faixa, Uma Rota" -- versão simplificada de "Faixa Económica da Rota da Seda e da Rota Marítima da Seda para o Século XXI" -- diz respeito ao projeto de investimentos em infraestruturas liderado pela China, que ambiciona reavivar simbolicamente o corredor económico que uniu o Oriente o Ocidente.

Esta iniciativa abrange mais de 60 países e regiões da Ásia, passando pela Europa Oriental e Médio Oriente até África.
ANTÓNIO COSTA SUGERE À CHINA INCLUIR O PORTO DE SINES NA NOVA ROTA DA SEDA

O Primeiro-Ministro português, António Costa, insistiu esta terça-feira na "posição capital" do porto de Sines, para ser incluído na Nova Rota da Seda, um projeto internacional de infraestruturas proposto pela China.

"Não ignoramos como o porto de Sines tem uma posição capital para poder vir a ser, ao nível das rotas marítimas, uma peça fundamental desta iniciativa", afirmou durante a cerimónia, num hotel de Lisboa, de inauguração dos voos diretos Lisboa-Pequim, com a presença do presidente do parlamento da China, Zhang Dejiang, de visita a Portugal desde segunda-feira.

"Uma Faixa, Uma Rota" -- versão simplificada de "Faixa Económica da Rota da Seda e da Rota Marítima da Seda para o Século XXI" -- diz respeito ao projeto de investimentos em infraestruturas liderado pela China, que ambiciona reavivar simbolicamente o corredor económico que uniu o Oriente o Ocidente.

Esta iniciativa abrange mais de 60 países e regiões da Ásia, passando pela Europa Oriental e Médio Oriente até África.

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA