Portimão cresceu 23% nos cruzeiros
elo quarto ano consecutivo, a actividade de cruzeiros cresceu em Portimão e atingiu os 36 786 passageiros. O recorde de 2011 ficou, assim, mais perto.


Face a 2017, o movimento de passageiros no único terminal de cruzeiros algarvio cresceu 23%, apesar da quebra homóloga de cinco escalas. Mas os 66 navios que demandaram Portimão foram, em média, de maiores dimensões.

Desde 2014, ano em que a gestão dos portos do Algarve passou para a Administração do Porto de Sines (entretanto rebaptizada), o movimento de passageiros de cruzeiros em Portimão cresceu mais de 150%, tendo passado de 14 634 para os mais de 36 mil registados no ano findo.

A isso não serão alheias as melhorias na gestão e na conservação/modernização do terminal, acrescidas do esforço de promoção, por parte dos agentes económicos e da própria autoridade portuária.

Sob a marca Cruise Portugal, o Porto de Portimão estará novamente presente no maior certame internacional da indústria dos Cruzeiros – a Seatrade Cruise Global -, que terá lugar em Miami, durante o próximo mês de Abril.

O melhor ano dos cruzeiros em Portimão remonta a 2011, um ano excepcional, com um registo de mais de 46 mil passageiros.

Ferry movimentou quase 11 mil
Em Portimão, o ano de 2018 ficou ainda marcado pelo reinício das operações do ferry que liga o Continente e a Madeira.

Foram apenas 12 escalas (uma vez que a operação semanal se resumiu aos meses de Verão), mas ainda assim contaram-se 10 607 passageiros a viajar entre Portimão e o Funchal, e vice-versa.

Fonte: Transportes e Negócios

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA