Portos de Lisboa e Setúbal com VTS renovados
Os portos de Lisboa e de Setúbal dispõem agora de VTS (Vessel Traffic Systrem) que permitem a pilotagem just-in-time, anunciou a Wärtsilä, que forneceu o sistema.


O projecto foi desenvolvido e fornecido pela Transas, subsidiária da Wärtsilä, em Janeiro último, tendo a instalação e formação dos trabalhadores sido concluída ontem (dia 6). As novas soluções de VTS irão, de acordo com o grupo finlandês, aumentar a eficiência dos dois portos portugueses ao reduzirem os tempos de espera dos navios e permitirem pilotagem just-in-time.

O projecto incluiu dois centros de controlo VTS, sete locais remotos com sensores e a integração de vários radares, Estações Base do Sistema de Identificação Automática (AIS), câmaras diurnas/nocturnas, radiogoniómetros (RDF), subsistemas VHF e Navtex, e sensores de meteorologia e de mar.

Além disso, os dados são partilhados entre os centros de controlo e os pilotos através de unidades piloto portáteis: a aplicação PRO piloto.

“Lisboa e Setúbal são portos importantes na Península Ibérica e ter esta tecnologia avançada irá beneficiar as nossas operações e a segurança da navegação de muitas formas”, afirmaram, numa declaração conjunta, Rui Barata, chefe do departamento de pilotagem e VTS do Porto de Lisboa, e Carlos Marques, director de segurança/segurança marítima do porto de Setúbal.

Fonte: Transportes e Negócios

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA